mais um sonho

Eu caminhava junto do meu pai por um túnel parecido com uma galeria de metrô, completamente lotada de participantes do Fórum Social Mundial. Todos caminhavam numa mesma direção. Eu e o pai procurávamos o meu irmão. Dadas as suas posições ideológicas, eu esperava que o pai começasse a reclamar a qualquer momento daquelas pessoas nitidamente de esquerda, mas ele ficou quieto, caminhando rápido, alguns metros na minha frente.

Pouco depois, me perdi do meu pai, mas cheguei a um salão muito amplo, estupidamente cheio de gente, que parecia ser o lugar onde todas aquelas pessoas do FSM fariam uma concentração. Ali encontrei alguns amigos e conhecidos sentados em uma mesa: um deles era o Alberto La Salvia, que estava com uma barba ABSURDAMENTE grande, tão gigante e ridícula que parecia postiça. Outra pessoa sentada ali era o Gustavo Casadio. Tinha mais gente, mas não lembro quem era.

Corte para um campo de futebol vazio, onde eu estava com algumas pessoas – um deles era comentarista esportivo, mas não lembro se era “verdadeiro” ou “fictício”. Alguém pousou de pára-quedas do meu lado. Olhei para o meu braço e notei que brotavam da pele umas coisinhas verdes, vivas, que se contorciam. Eram espécies de larvas muito pequenas, com umas patinhas e anteninhas minúsculas que se mexiam. Comentei com as pessoas ao meu lado, “olha só, tão saindo umas larvas do meu braço”. Os caras olharam, mas não fizeram nada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: