À noite sonhei

Uma das minhas 400 tias-avós trabalhava como garçonete no Mulligan. O pub, por sinal, era diferente: só tinha o balcão da parte de baixo e umas mesinhas espalhadas em um espaço amplo, tipo um boteco comum.

A minha tia tava muito estressada, servindo todo mundo – eu inclusive. Lá eles tinham uma Guinness clara, tipo pilsen.

Uma hora, ela amarrou um pano de prato na parte de trás do avental. Ao caminhar, o pano prendeu em um cadeira, o avental se desprendeu e ela – de um jeito meio surreal – ficou de bunda de fora, causando frouxos de riso na multidão. Ela ficou mais puta ainda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: