Esta terra que eu amei desde guri

Levei um susto ao pegar o ônibus hoje cedo.

A cobradora usava um vestido de prenda – verde – e lia o DG.

De rosto, era o João Bafo-de-Onça com o cabelo da Lídia Brondi.

Tentei tirar uma foto, mas o remelexo do coletivo tremeu a imagem.

Será uma longa semana.

Anúncios

2 Respostas to “Esta terra que eu amei desde guri”

  1. gggallin(G.T.).:. Says:

    Bizarro? você nem imagina como é o clima aqui onde pessoas com roupas de abajour desfilam com o tal “orgulho”, fazendo pôse num tapete de de gado e cadeiras rústicas. Fora o “piquete” e demais coisas da “cultura”, ou melhor gincana das beldades.

  2. marcio Says:

    ganhei de vcs!!!!!!!!!! fui na voluntários, e as atendentes das lojas de roupas eram obrigadas a se vestir de prenda, e o cara que fica na calçada, no bico de todo mundo, vestido de teixeirinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: